sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Lover - Capitulo 2


No bar...

Miley On

Nós entrávamos no bar, estava cheio e a música estava alta. Logo corremos para o meio da pista e começamos a dançar. Eu usava meus cabelos soltos e bagunçados, um batom vermelho, shorts brancos curtos com uma bata preta e um salto fosforescente. Selena estava dançando ao meu lado. Ela estava com um vestido rosa pink, com saltos pretos e cheia de pulseiras. Seu cabelo estava em parte com um rabo de cavalo e o resto solto, e sua maquiagem era bem puxada nos olhos com um batom rosa, combinando com o vestido.
A festa começou com todos dançando como sempre, mas aos poucos alguns foram indo até o bar pedir bebidas. Chegou minha vez na fila e eu pedi uma bebida. E assim foi indo, eu já tinha tomado umas cinco antes de perder as contas, então eu não estava mais em mim.

Miley Off

Demi On

Eu estava dançando junto a Vanessa, já tinha tomado alguns copos de martinne, estava meio zonza e um garoto que eu não reconheci bem se aproximou.

Xxx: vem dançar comigo 

Ele me puxou para perto dele e nós começamos a dançar. Aos poucos já estavamos muito próximos, ele beijava meu pescoço e encostava a coxa entre minhas pernas. Então outra música começou, e ele foi me puxando para um banheiro, ele fechou a porta e me empurrou contra a parede, me beijando.

Demi Off

Justin On

Estavamos no bar a algum tempo e as coisas estavam passando dos limites. Eu estou sentado em uma das mesas e acho que sou um dos poucos sóbrios por aqui. Da onde estou consigo ver a maioria das pessoas dançando e outras subindo para os quartos, o que quer dizer: sexo. Olhei para o lado e vi Nicole, e de repente um cara se aproximou dela e tentou beija-la a força, então fui até lá e o empurrei

Justin: O que você ta fazendo?
Xxx: to tentando pega uma garota, algum problema?
Justin: cai fora daqui
Xxx: e quem vai me impedir?
Justin: quem sabe eu? - eu o fuzilei com os olhos
Xxx: - ele olhou de cima a baixo para nicole - quer saber... não vale a pena - ele foi embora

Eu olhei para Nicole ela tinha os olhos arregalados e tremia. Eu a abracei e ela caiu no choro me apertando forte.

Justin: vamos embora daqui, as coisas já passaram dos dos limites.

Eu levei ela até o carro e nós voltamos para a escola. Larguei ela no quarto, mas ela me pediu para ficar. Eu acho que ela precisava de alguém para desabafar. Estávamos sentados na cama dela e ela olhava fixo para frente.

Nicole: Se não fosse você eu... – ela abaixou a cabeça, choramingando – eu nem sei o que poderia ter acontecido
Justin: agora está tudo bem, e você está bem, é só isso que importa. – ela me olhou com os olhos vermelhos – não tenha medo de chorar, venha cá. – eu estiquei um braço e ela se aproximou, deixando algumas lágrimas caírem.
Nicole: obrigada. – levemente ela sorriu
Justin: por nada – eu beijei sua cabeça

Ela estava em choque. Fiquei ali conversando com ela e ela dormiu então eu fui para o meu quarto, desliguei as luzes e fiquei deitado com os meus pensamentos.

Justin Off

Selena On

Já era mais ou menos meia noite, eu já não sabia mais quantos copos tinha tomado, nem praticamente o que estava acontecendo. Eu estava dançando quando um dos novatos se aproximou de mim. Ele parecia bêbado, mas quem ligava? Parecia que eu também estava.

Selena: ooi... - eu disse sorrindo
Xxx: olá... meu nome é Nick 
Selena: Nick - eu ri - você é gato hahaha
Nick: e você não é nada mal - ele colocou a mão na minha coxa e se aproximou. - quer se divertir?
Selena: vamos ver o que você pode fazer rsrsrs - eu me sentia tonta

Ele me beijou agressivamente e me levou até um quarto. Então ele me atirou na cama e rasgou minhas roupas, ainda me beijando, ele tirou suas roupas e estava prestes a me penetrar quando eu vi ele ser puxado. Eu não enxergava quase nada, eu estava muito tonta, mas vi Nick no chão e logo em seguida um braço me puxando para fora do quarto, então tudo apagou de vez.

Selena Off

No outro dia...

Demi On


Eu me acordei lentamente, esfreguei os olhos, então olhei para os lados e percebi que não estava na escola, eu olhei para o meu lado e tinha um cara deitado. Onde eu estava? Era um quarto, mas onde? Rapidamente me levantei, eu estava nua e minhas roupas atiradas pelo quarto. Eu sentia muita dor de cabeça, mas fui pegando minhas roupas e me vesti, trotalmente apavorada. Eu não sabia o que havia acontecido, não sabia onde estava, não sabia sobre nada, e isso era muito apavorante. Foi quando o cara se virou de lado, ainda dormindo. Olhei para o seu rosto e não pude acreditar quando vi que era o Joe.
Será que realmente aconteceu o que eu estou pensando? Eu e o Joe, em um quarto sem roupas. 
Eu... fiz isso... com o Joe. Quer dizer... eu nunca tinha feito sexo antes. Me senti enjoada com a idéia de que aquilo poderia ter acontecido. Então rapidamente sai daquele quarto, foi quando me reparei com o bar e me lembrei de tudo.
Logo veio no meu pensamento... onde está a Van, e a Chelsea? Eu esperava que elas não estivessem na mesma situação que a minha.
Mesmo eu querendo achá-las eu não sabia o que fazer, estava tonta, confusa, então corri para a porta e chamei um taxi e fui de volta para a escola

Demi Off

Cody On

A festa foi boa, peguei algumas gatinhas, dei alguns amassos, o de sempre. Agora eu estava no quarto, Zac tinha saído a pouco tempo para o treino de Rúgbi, afinal hoje era terça. Terça era um dia apenas de esportes e atividades na escola. Foi quando ouvi a porta bater. Levantei e abri a porta, era Miley.

Miley: eai Cody? – ela logo entrou e sentou na cama. – e o Zac?
Cody: Rúgbi.
Miley: Ah, hoje é terça. O que achou do bar?
Cody: já fui a melhores, mas foi maneiro. Tinha umas gatinhas.
Miley: humm – ela se levantou e sentou no meu colo, de frente para mim – mas eai cody? Como vai a vida?
Cody: ainda está sobre os efeitos do álcool Miley?

Miley: - ela riu – não
Cody: tudo bem, a vida vai bem – ela olhou para mim e sorriu de canto – que foi?
Miley: você até que é bonitinho...
Cody: bonitinho? – eu coloquei as mãos em sua cintura – só isso?
Miley: talvez não... – ela mordeu minha orelha e depois me beijou
Cody: sabe de uma coisa? você também é bonitinha Miley – eu a beijei mais profundamente
Miley: preciso ir – ela se levantou – até mais Cody...
Cody: espera ai – eu a puxei pela cintura e a beijei – agora pode ir – ela sorriu e saiu

Wow, aquela menina pega fogo. Ela é bem doidinha, mas até que ela me atrai. É como uma bebida ou uma droga, vicia.  Sei que ela faz isso com todos, e pra falar a verdade eu também, mas ela é diferente, é... especial. Como se eu me sentisse diferente com ela. Mas é melhor deixar isso pra lá, é meio estranho. Eu levantei e fui tomar um ar.

Cody Off

Sterling On

Eu estava deitado na cama do dormitório, fuçando na internet depois de toda aquela festa. Foi quando Joe entrou com uma expressão estranha no rosto.

Sterling: Eai... onde você tava? Não voltou para escola ontem.
Joe: - ele foi até o banheiro e jogou um pouco de água no rosto
Sterling: Joe? Cara...ta tudo bem?
Joe: eu não sei... foi tão estranho – ele disse saindo do banheiro e atirando-se na cama
Sterling: o que foi estranho?- eu botei o lap top na cama e me sentei.
Joe: eu... acordei lá no bar, num quarto...
Sterling: ah, o que será que aconteceu? – eu disse irônico
Joe: eu sei ok? Só que não tinha ninguém lá.
Sterling: a garota já devia ter ido embora, grande coisa... – eu voltei a me concentrar na internet.
Joe: é, mas... pra mim não é tão simples assim.
Sterling: ah, qual é cara? você foi num bar e foi pra cama com uma garota, qual o problema?
Joe: o problema é que eu não saio por ai fazendo sexo com gente que eu não conheço! E eu nem sei quem foi a garota!  Eu não deveria ter feito isso cara – ele coçou a cabeça e bateu a mão com força na cama
Sterling: você que sabe... mas agora toca pra frente, é o jeito...
Joe: acho que sim – ele disse ainda um pouco detraído, mas então ele se virou – manda uma água ai.

Eu joguei uma garrafa para ele e depois ele se levantou e saiu para aula... de futebol, ou vôlei, não sei.

Sterling Off

Selena On

Acordei aos poucos e me revirei um pouco na cama. Mas quando eu abri os olhos percebi que não estava no meu dormitório, isso já havia acontecido algumas vezes, eu sorri. Então me sentei na cama, olhei para os lados e percebi que estava em um dos dormitórios da escola. Eu olhei melhor e percebi alguém sentado em frente a janela que estava entreaberta. Levantei, e percebi que estava usando roupas, o que era estranho. Mas não eram roupas minhas, eram roupas masculinas. De qualquer jeito agora eu não ligava. Então eu fui caminhando até o garoto na janela. Quando cheguei perto percebi que ele sabia que eu estava ali, mas não desviava o olhar.

Selena: han... oi?
Xxx: bom dia – ele continuava olhando para janela
Selena: e você é...
Xxx: meu nome é Robert

Eu sorri
Selena: então nós...
Robert: não
Selena: não? – eu sentei ao lado dele, no sofá- o que aconteceu então? E por que eu estou aqui?
Robert: eu te tirei daquele bar, você estava prestes a fazer sexo com um cara.
Selena: e o que você tinha a ver com isso? Por que me tirou de lá? – eu disse brava – afinal, eu conheço você?
Robert: não.
Selena: olha, dá pra você me explicar? Dá pra você ao menos OLHAR para mim? – ele virou para mim - obrigada
Robert: você acha isso normal?
Selena: isso o que?
Robert: sair para um bar, ficar bêbada e ir para cama com qualquer um?
Selena: para mim isso é normal!
Robert: isso é loucura.
Selena: e como você sabe?
Robert: porque eu fazia isso.
Selena: e por que parou?
Robert:porque é errado.
Selena:  só por isso?
Robert: não. não só por isso. – ele fez uma pausa – Também porque... porque eu percebi que quem faz isso não tem nada a acrescentar, é apenas um qualquer, alguém que nunca ninguém vai valorizar. E... porque percebi que quem faz isso nunca vai ter a chance de amar ou ser amado.

Eu fiquei quieta por algum instante. Ele tinha razão, eu nunca seria valorizada por ninguém, eu sou vista como uma qualquer, uma vadia.

Selena: de qualquer maneira... por que se importa comigo?
Robert: você esqueceu isso em uma aula – ele tirou do bolso um papel e me mostrou.
Selena: isso foi só... é só um robbie, gosto de escrever... – eu sorri
Robert: alguém que escreve tão verdadeiramente não pode ter sua vida destruída por bebidas e sexo.
Selena: eu... – eu abaixei a cabeça – eu não queria ser assim.
Robert: não seja.
Selena: não é tão simples, ok? Não é. – eu abaixei a cabeça com lágrimas nos olhos.
Robert: quer falar sobre isso?
Selena: não
Robert: tudo bem... eu respeito.
Selena: você... – eu limpei minhas lágrimas – você é um cara legal Robert, mas eu não sou uma garota legal e não posso mudar. É complicado... é...bem complicado – eu levantei - preciso ir, até mais Robert. – eu me dirigi até a porta e fui embora.

Sai rápido dali e fui até o meu dormitório. Quando cheguei corri rapidamente para o banheiro, tranquei a porta e despenquei chorando. Ele tinha toda a razão, eu era daquele jeito. E eu não conseguia mudar, era impossível. Mas... eu não queria ser assim. Fiquei ali mais um tempo, mas depois tomei um banho e tive de me convencer que as coisas tinham que ser desse jeito. Me arrumei e fui até a quadra, afinal eu teria vôlei.

Selena Off

Chelsea On

Eu estou preocupada. Estou no dormitório, a Demi chegou correndo a um tempo e se trancou no banheiro chorando. Eu tentei tira-la de lá, mas ela não sai. E a Van... bom, ela ainda não apareceu. Nenhuma delas passou a noite em casa, e eu não sei o que aconteceu.
Mas, então, de repente, a porta abriu e a Van entrou no quarto ofegante e com cara de espanto, chorando desesperadamente.

Chel:  Van!  O que ouve? – eu corri até ela
Van: eu...

Continua...

5 comentários:

  1. Que perfeito, amei.
    Enquanto ao post anterior , ah flor... sua história é maravilhosa, você não erra em nada ok ?!
    Bom ,posta logo please.
    bjo'

    ResponderExcluir
  2. Aaah que perfeito *--* amei, ta tão fofo.
    Posto mais \o/USAHEUHAE
    aah deixa eu te perguntar, vocês estão fazendo parcerias? se sim me respondam na minha fafic? o link é: http://portallalaland.blogspot.com/ obg :D

    ResponderExcluir
  3. AMEIII TA SUPER LINDO

    DEU DÓ DA SEL

    POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  4. aaaaaaah peerfeeito *--*
    postaa maais =D

    ResponderExcluir